A CIENCIAÇÃO DO DIREITO

Luis Eduardo Gomes do Nascimento, Juracy Marques

Resumo


Como complemento de um texto anteriormente escrito sobre questões relativas à problematização do Direito enquanto ciência positiva e dogmática, intitulado “a descienciação do direito”, este artigo busca evidenciar questões que sempre ficam ocultas nas estruturas jurídicas, tomadas como óbvias, estabelecidas, imutáveis e verdadeiras, portanto, trata-se de uma reflexão sobre as “realidades” do mundo jurídico sobre as quais o direito tem que ter ciência, aqui nomeadas de “cienciação do direito”.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .