SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PÚBLICA E ACCOUNTABILITY: uma experiência no portal eletrônico do legislativo municipal em Uauá (BA)

Deivid Gomes Barbosa da Silva, Platini Gomes Fonseca

Resumo


A accountability, inclusive na concepção de órgãos legislativos, pode ser compreendida a partir da inclusão de termos como transparência, prestação de contas e o engajamento do poder público com a sociedade. Nesse sentido, o presente artigo buscou analisar a presença da accountability no portal eletrônico da câmara municipal de Uauá (BA), na perspectiva de avaliar, com base no modelo de Raupp e Pinho (2011), a prestação de contas, a transparência e a interatividade/participação do cidadão, por meio do portal eletrônico. Metodologicamente, o estudo foi propiciado por meio da realização de entrevista semiestruturada com servidores e agentes políticos da Câmara Legislativa de Uauá (BA) e análise de conteúdo, resgatando os argumentos que discutissem acerca dos indicadores do modelo. Conclusivamente, observou-se a baixa capacidade em termos de prestação de contas, média capacidade no tocante à transparência e baixa capacidade quanto à participação/interação. Os resultados demonstraram que o portal eletrônico da Câmara Legislativa de Uauá (BA) encontram-se distante dos modelos de accountability mais eficientes, que agreguem positivamente os indicadores e avaliem plenamente as necessidades da comunidade e das ações políticas desenvolvidas pelo órgão.

 


Texto completo: ARTIGO

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .