O AMBIENTE ESCOLAR E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA

André José Nascimento

Resumo


O artigo reflete sobre a vivência do negro no ambiente escolar, que, em muitas situações, se encontrava com uma estima desconstruída por não se sentir representado de forma positiva. A escola deve ser um lugar onde o educando possa se sentir acolhido e valorizado como cidadão, mas muitas vezes ela torna-se, isso sim, um espaço racista e preconceituoso. Percebemos que muitas vezes a forma de como a população negra, sua história e cultura é tratada essa situação se refletia na vivência dos educandos, principalmente. A partir da escola, aqui trabalhadas: a escola Caio Pereira foi desenvolvida atividades que buscavam a valorização da pessoa negra. Esse artigo trata das experiências de ações afirmativas vivenciadas em ambiente escola.  com o objetivo de reconstruir a autoestima dos negros e negras que estudavam e que estudam nessa escola. Assim, faz-se um estudo sobre a identidade negra no ambiente escolar com a perspectiva de que os educandos (as) negro (as), ao participarem de atividades que os valorizam, construíssem ou reconstruíssem a sua identidade a partir das diferenças étnico racial, cultural e social. Dessa forma, os próprios educandos buscaram redefinir as suas próprias identidades, o que, de forma direta, vem construindo uma nova realidade vivenciada pela população negra da comunidade escolar.

Palavras-Chave: ensino, ambiente escolar, racismo.


Texto completo: ARTIGO

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .