GESTÃO DO CONHECIMENTO EM UM HOSPITAL PÚBLICO: ATORES E PROCESSOS

Alexandre Felipe Machado, Clarissa Carneiro Mussi, Mario José Bertotti, Rafael Bavaresco Bongiolo

Resumo


Esta pesquisa identificou os atores envolvidos com a Gestão do Conhecimento e caracterizou os processos da Gestão do Conhecimento em um hospital público do estado de Santa Catarina – Brasil. Metodologicamente, a pesquisa é de natureza qualitativa, desenvolvida por meio de estudo de caso único. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas, observação participante e pesquisa documental no processo de coleta dos dados. A análise dos dados seguiu procedimentos de codificação e categorização mista. Como resultados obtidos destacam-se a diversidade dos atores internos e externos envolvidos na gestão do conhecimento de um ambiente hospitalar. Embora a gestão do conhecimento não esteja institucionalizada no hospital pesquisado, um conjunto de práticas cotidianas relacionadas à aquisição, criação, compartilhamento, armazenamento e aplicação do conhecimento puderam ser identificadas. Práticas essas que envolvem atores internos e externos, diferentes profissionais e especialidades e, em alguns casos, são limitadas pela quantidade de recursos disponíveis, resistência de colaboradores e fragilidades quanto à liderança.


Texto completo: ARTIGO

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .