Representações Sociais da Violência em Escolas de Petrolina - PE

Josenilton Nunes Vieira

Resumo


Este artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa sobre a violência em escolas do município de Petrolina, desenvolvida com o apoio institucional da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina – FACAPE, com o objetivo de examinar questões relacionadas à violência nas escolas no referido município, buscando compreender os fenômenos psicossociais envolvidos na construção de identidades coletivas na periferia e as representações sociais da violência em escolas nela situadas. Para tanto, coloca-se como problema da pesquisa as questões: como a violência social produzida no espaço do bairro e da cidade repercute no interior da escola? E como as representações sociais dessa violência contribuem na produção de novos tipos de violência? A metodologia baseia-se nos princípios da pesquisa-ação e tem a entrevista, as rodas de conversa e a observação como modos de levantamento e sistematização das informações. Como resultados iniciais destacam-se uma caracterização sobre o contexto em que estão localizadas as escolas pesquisadas e as primeiras aproximações do que pode se configurar as representações sociais de pais e professores a respeito da violência escolar.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .